Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/7/c0/a3/marimbus/public_html/wp-includes/post-template.php on line 275

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/7/c0/a3/marimbus/public_html/wp-includes/post-template.php on line 276

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/7/c0/a3/marimbus/public_html/wp-includes/post-template.php on line 275

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/7/c0/a3/marimbus/public_html/wp-includes/post-template.php on line 275

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/7/c0/a3/marimbus/public_html/wp-includes/post-template.php on line 275

Artigos Acadêmicos

  • Sobre o Artigo
  • About Article

Título: Geoconservação e desenvolvimento sustentável na Chapada Diamantina (Bahia – Brasil)

Autor: PEREIRA, Ricardo Galeno Fraga de Araújo

Resumo: A conservação de elementos do patrimônio natural constitui uma necessidade para a manutenção da qualidade de vida de todas as espécies que habitam o planeta Terra. Mais do que isto, a conservação destes elementos reveste-se de um valor científico incalculável, uma vez que eles guardam a explicação para origem e evolução deste planeta e de todas as formas de vida que nele habitam. É importante considerar que a conservação deste patrimônio, não consiste apenas em ações restritivas, mas o seu uso para o lazer, na forma do turismo, ou para fins educativos e científicos, pode contribuir para o fortalecimento de identidades territoriais e representar uma atividade geradora de renda, fomentando o desenvolvimento sustentável. O patrimônio natural é composto por elementos bióticos, que integram a biodiversidade, e elementos abióticos, que compõem a geodiversidade. Historicamente, todas as iniciativas voltadas para a conservação deste patrimônio estiveram focadas, na sua quase totalidade, na conservação dos seus componentes bióticos, de modo que a conservação da natureza acabou por ser quase que um sinônimo exclusivo desta vertente. Todavia, a conservação dos elementos de destaque da geodiversidade, cujo conjunto representa o patrimônio geológico, é conhecida por geoconservação e foi relegada a um papel menor, ou mesmo inexistente, dentro das temáticas de conservação da natureza. No final da década de 80, do século XX, a geoconservação começa a despontar no cenário mundial. Antes desta época, as iniciativas focadas na conservação do patrimônio geológico se davam de maneira esparsa ou isolada, e praticamente restrita ao continente europeu. Entretanto, após a criação da Global Indicative List of Geological Sites – GILGES, no ano de 1989, pela International Union of Geological Sciences – IUGS, esta temática começa a ser sistematizada e difundida em nível global. A Chapada Diamantina é uma região situada na porção central do estado da Bahia, no nordeste brasileiro, dentro do contexto geológico do Cráton do São Francisco. Este território abriga uma geodiversidade constituída por um conjunto de rochas sedimentares, localmente com baixo grau de metamorfismo, de idade proterozóica, reunidas estratigraficamente nos Grupos Rio dos Remédios, Paraguaçu, Chapada Diamantina e Una. Sobre estas rochas se desenvolveram relevos serranos, planaltos e sistemas cársticos, que hoje em dia representam importantes atrativos turísticos. Para além disto, esta geodiversidade guarda informações importantes para a compreensão da evolução geológica do planeta Terra, desde o Éon Proterozóico. No âmbito desta tese de doutoramento foi realizado um inventário do patrimônio geológico da Chapada Diamantina, que resultou em um levantamento de 40 geossítios, na sua maioria de interesse geomorfológico. Em seguida estes geossítios foram sujeitos a uma valoração, através de uma proposta de metodologia baseada em quatro categorias de valores: intrínseco (Vi), científico (Vci), turístico (Vt) e de uso e gestão (Vug). A partir destes valores foram calculados os usos potenciais para fins científicos (VUC), turísticos (VUT), de conservação (VC) e a Relevância (R) dos locais inventariados. Para os locais que obtiveram VC acima da média obtida para o conjunto de geossítios, foram propostas ações de interpretação, valorização, divulgação e monitoramento. Estas ações integram um plano de geoconservação, cuja implementação poderá contribuir para a criação de geoparques. Neste sentido, foi também proposta, no âmbito deste plano, uma metodologia para a delimitação destas unidades, baseando-se na interseção dos limites municipais, com os limites geológicos, estruturais e morfológicos da Chapada Diamantina. Como resultado desta metodologia propôs-se a criação de três geoparques na região. O plano de geoconservação e a proposta para criação de geoparques deverão contribuir para conservação, valorização e promoção e do patrimônio geológico da Chapada Diamantina. Estas propostas também vão contribuir para a criação de alternativas sustentáveis de geração de renda através do geoturismo, favorecendo a consolidação do desenvolvimento sustentável naquele território e o fortalecimento da sua identidade cultural.

Title: Geoconservation and sustainable development in Chapada Diamantina (Bahia- Brasil)

Author: PEREIRA, Ricardo Galeno Fraga de Araújo

Abstract: The conservation of the natural heritage represents an important action to ensure the quality of life for all inhabitants of planet Earth. This activity has also an incalculable scientific value, as the elements that constitutes this heritage holds the necessary information that is needed to investigate and explain the evolution of our planet and all kinds of life that lives on it. One must take into account that the conservation of the natural heritage does not involve only restrictive actions, but its use for leisure, in touristic actions, or for educational and scientific purposes, may contribute to strength territorial identity and bring income to the communities involved in this process, fostering the sustainable development. The natural heritage is composed by the biotic elements, that integrates the biodiversity, and the abiotic elements, that integrates the geodiversity. Historically, almost all the efforts involved in the conservation of this heritage were focused in the conservation of the biodiversity. Due to this, the nature conservation almost turned to be a synonymous of biodiversity conservancy. On the other hand, the conservation of the superlative elements of geodiversity, which represents the geological heritage, was relegated to a minor important role, or sometimes ignored in the of nature conservation strategies. By the end of the 80’s of the 20th century, geoconservation starts to raise in the world debate. Before this decade, all the efforts to this approach were sparse and dispersed, and were almost restricted to the European continent. Actually the conservation of the geological heritage starts to be structured and widespread around the world in 1989, after the creation of the project: Global Indicative List of Geological Sites – GILGES, by the International Union of Geological Sciences – IUGS. Chapada Diamantina is a region located in the central zone of the Bahia’s State, in the northeast of Brazil, inserted in the geological context of the São Francisco Craton. Its geodiversity encompasses sedimentary and low metamorphosed proterozoic rocks, stratigraphically organized in 4 groups, known as: Rio dos Remédios, Paraguaçu, Chapada Diamantina and Una. Sierras, plateaus and karst reliefs were sculpted on these rocks and it represents nowadays important touristic attractions. Beside this, its geodiversity holds important information about the geological evolution of planet Earth, since the Eon Proterozoic. In this doctorate thesis an inventory of the geological heritage of Chapada Diamantina was made, resulting in the identification of 40 geosites, which are mainly of geomorphological interest. These geosites were assessed based in four categories of values: intrinsic, scientific, touristic and use and management. After the evaluation of these values, the potential for scientific use, touristic use, conservation needs and the rank of relevance of the inventoried places, were calculated. For the geosites with higher conservation needs, actions for interpretation, publicizing and monitoring, were proposed. These actions integrate a geoconservation plan and its implementation may contribute for the creation of geoparks. Taking this into account, a methodology for the delimitation of these geoparks was also proposed, based on the intersection of municipality limits, with the morphological and structural geological limits of Chapada Diamantina. With the application of this methodology, 3 proposals of geoparks were delimitated in the region. The implementation of the geoconservation plan and the proposed geoparks will contribute for the conservation, valuing and promotion of Chapada Diamantina’s geological heritage. These actions will also contribute for the creation of alternative income for the region, based on the geotourism, helping to consolidate the sustainable development in that territory and to strength its cultural identity.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/7/c0/a3/marimbus/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0